Éclairs de morango e nata para fazerem no Dia da Mãe

Esta semana devia estar a publicar outra receita qualquer, uma receita salgada, na qual as favas seriam a estrela. Mas um episódio relativamente sério de rinite alérgica, a que não deve ser alheio o facto de estar a morar numa rua ladeada por jacarandás no início da primavera, levou a que as favas ainda estejam em cima da bancada da cozinha à espera de inspiração e de respiração, pois sem o sentido do olfacto não há cozinheiro que se governe. Antecipei, pois, a receita da próxima semana que, por um estranho acaso do destino, já estava feita, fotografada e escrita; e aguardava pela sua vez, sossegada no servidor do blog.

Às vezes digo que não gosto de doces. Não é totalmente verdade, gosto é de doces pouco doces, de massas leves e pouco cozidas, do agridoce do sorvete de limão e do doce suave do merengue, estaladiço por fora e quase aéreo por dentro. Por isso, estes éclairs de morango e nata são absolutamente perfeitos para o meu tipo de gulodice. Os éclairs são feitos com massa choux, que é incrivelmente leve, recheados apenas com natas frescas batidas com pouco açúcar e alguns morangos frescos, sumarentos e aromáticos, e, no fim, polvilhados levemente com açúcar em pó, porque não gosto de complicar muito e aprecio coisas simples. Parecem-me sempre mais verdadeiras.

éclairs de morango e nata
éclairs de morango e nata
éclairs de morango e nata
éclairs de morango e nata
éclairs de morango e nata

Éclairs de morango e nata

A receita da massa choux é do livro Bouchon Bakery

faz 10 a 12

Preparação:

Cozedura:

INGREDIENTES:

  • 250 g água
  • 125 g manteiga sem sal, à temperatura ambiente
  • 2,5 g sal marinho
  • 140 g farinha sem fermento, peneirada
  • 250 g ovos (peso sem casca), ligeiramente batidos
  • 400 ml de natas para bater
  • 3 colheres de sopa de açúcar em pó + um pouco para polvilhar no fim
  • 18-24 morangos, lavados e cortados em fatias

 

INSTRUÇÕES:

  1. Num tacho médio, junte a água, manteiga e sal e aqueça em lume médio até a manteiga derreter e a água começar a ferver. Retire o tacho do lume e incorpore toda a farinha, mexendo vigorosamente com uma colher de pau até que a farinha absorva toda a água. Voltar a colocar o tacho no fogão, em lume médio, e continuar a mexer durante 2 a 5 minutos, até obter uma massa lustrosa e lisa, que se solta dos lados do tacho. Espete uma colher na massa e veja se fica direita. Se não ficar, cozinhe durante um pouco mais de tempo para perder mais humidade.
  2. Transfira imediatamente a massa para a taça da batedeira e mexa numa velocidade baixa durante 30 segundos para liberar um pouco da humidade. Comece a adicionar os ovos, um pouco de cada vez, batendo até que cada adição esteja completamente absorvida antes de juntar a próxima. A massa deve ficar brilhante e com uma consistência maleável e que aguenta a forma, sem escorrer demasiado. Se preferir, pode incorporar os ovos na massa à mão, sem usar a batedeira. Coloque a massa num saco de pasteleiro equipado com uma boquilha larga (redonda ou estrela) e deixe a arrefecer no frigorífico durante 20 a 30 minutos.
  3. Pré-aqueça o forno a 190º C e forre um tabuleiro de forno com papel vegetal. Com o saco de pasteleiro, forme os éclairs com cerca de 12 cm de comprimento e espaçados entre si. Leve ao forno durante 30 a 40 minutos, ou até que estejam dourados, com o cuidado de não abrir a porta do forno antes de decorridos 25 minutos. Retire do forno e pique cada éclair com um palito. Deixe arrefecer completamente sobre uma rede e depois abra-os ao meio com uma faca de serrilha.
  4. Bata as natas com o açúcar em pó até ficarem consistentes e recheie os éclairs usando uma colher ou o saco de pasteleiro. Coloque os morangos por cima e cubra com a parte superior do éclair. Polvilhe com açúcar em pó.

Para uma outra sugestão igualmente bonita, leve e fresca, vejam a receita destas pavlovas de morango
pavlova de morango

 


ENTRE EM CONTACTO

Gostava muito de conhecer a sua opinião sobre este artigo, em particular, ou sobre o blogue, em geral. Pode usar a caixa de comentários no fim de cada artigo ou enviar um e-mail através da página de contacto. Pode ainda seguir o blogue através do Facebook, Instagram e Pinterest e, se quiser receber um e-mail quando sair um artigo novo, pode subscrever a newsletter no fim desta página.

Até à próxima.

2 comentários

Ruth Miranda 26 Abril, 2017 - 10:19

Acho que vou mostrar este post ao meu filho, assim como quem não quer a coisa ao melhor estilo dica a ver se ele percebe… 😉
https://bloglairdutemps.blogspot.pt

Responder
Paula 29 Abril, 2017 - 16:54

Muito boa ideia 🙂 beijinhos

Responder

Deixe um comentário

* Ao usar este formulário concorda que este site processe a sua informação pessoal. Para mais detalhes, consulte a Política de Privacidade do site.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fique a saber como são processados os dados dos comentários.

Usamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao usar o site concorda com a nossa utilização de cookies. Aceitar Saber Mais