Sopa de lentilhas vermelhas com batata-doce, leite de coco e espinafres

Se eu usasse adjectivos no nome das minhas receitas, esta seria sem dúvida uma sopa luminosa de lentilhas vermelhas com batata-doce, leite de coco e espinafres. Tem tudo o que se pretende de uma sopa numa noite fria de outono, é aconchegante, cremosa e aromática. Mas o que chama logo a atenção, só de olhar para ela, é a sua cor amarela e vibrante, como se o próprio sol brilhasse a partir de um prato.

A sopa de lentilhas vermelhas, batata-doce e espinafres é uma das minhas preferidas no outono e inverno e estava só à espera do tempo mais fresco e cinzento para a cozinhar de novo. No entanto, não são as lentilhas nem a batata-doce que lhe conferem esta cor luminosa, mas sim a curcuma, também chamada de açafrão-da-terra ou de açafrão-das-índias. Uma especiaria que, qual Rei Midas, tinge de dourado tudo em que toca.

Se a curcuma dá a cor, os cominhos moídos dão um sabor muito característico e algo picante. A primeira vez que usei cominhos na sopa foi há uns anos atrás, ainda as minhas filhas eram pequenas, e era uma sopa de feijão vermelho com couve. Elas gostaram do sabor, perceberam que eu tinha usado um ingrediente diferente a que não estavam tão habituadas, e quiseram saber o que era. A brincar, eu disse-lhes que a sopa estava boa porque tinha sido feita com muito amor, que é o ingrediente secreto que todas as mães usam e abusam na cozinha. Claro que não ficaram satisfeitas com a resposta, na época já não era fácil levá-las com cantigas, e eu acabei por admitir que também tinha adicionado uns pozinhos especiais que se chamavam cominhos. Durante muito tempo esta passou a ser uma brincadeira nossa. Sempre que a comida lhes agradava especialmente diziam que era porque tinha sido feita com muito amor e cominhos.

Esqueçam o tempo escuro e cinzento ou a chuva que pode estar a cair lá fora. Uma das coisas boas do outono é voltar às sopas quentes, aromáticas e substanciais; e esta sopa de lentilhas vermelhas com batata-doce, leite de coco e espinafres cumpre com todos esses requisitos.

Se gostam de lentilhas, sugiro que vejam também estas almôndegas de lentilhas, uma excelente sugestão para alternarem com as refeições de carne ou peixe. Uma boa semana e até à próxima.
signature
Sopa de lentilhas vermelhas com batata-doce, leite de coco e espinafres
Sopa de lentilhas vermelhas com batata-doce, leite de coco e espinafres
Sopa de lentilhas vermelhas com batata-doce, leite de coco e espinafres

Sopa de lentilhas vermelhas com batata-doce, leite de coco e espinafres

A sopa de lentilhas vermelhas, batata-doce e espinafres é uma das minhas preferidas e estava só à espera que o tempo arrefecesse para a cozinhar de novo. A sua cor luminosa não vem das lentilhas ou da batata-doce, é-lhe dada por uma especiaria, a curcuma.

serve 4-6

Preparação:

Cozedura:

INGREDIENTES:

  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 cebola grande, cortada em cubos
  • 2 dentes de alho, laminados
  • 1 colher de chá de cominhos em pó
  • 2 colheres de chá de curcuma
  • 300 g batata-doce, descascada e cortada em cubos
  • 1 lata pequena (400 g) de tomate
  • 180 g (1 chávena) de lentilhas vermelhas, lavadas
  • 750 ml de caldo de legumes (ou água)
  • 400 ml de leite de coco
  • 120 g de espinafres baby
  • Sal e pimenta preta moída na hora, a gosto

 

INSTRUÇÕES:

  1. Aquecer o azeite numa panela grande e juntar a cebola e o alho. Cozinhar sobre lume médio durante 3 a 4 minutos, sem deixar queimar o alho e mexendo ocasionalmente.
  2. Juntar os cominhos e curcuma e cozinhar durante 1 minuto, mexendo sempre. Adicionar em seguida a batata-doce e o tomate, incluindo o seu sumo. Desfazer um pouco os tomates com a colher de pau. Cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando.
  3. Adicionar as lentilhas lavadas, o caldo de legumes, ou água, e o leite de coco. Deixar levantar fervura e depois cozinhar em lume brando durante 20 minutos.
  4. Passar em puré com a varinha mágica. Provar, retificar o sal e temperar com pimenta preta moída na hora. Juntar os espinafres e deixar repousar, com a panela tapada, até amolecerem. Servir quente.

 


ENTRE EM CONTACTO

Gostava muito de conhecer a sua opinião sobre este artigo, em particular, ou sobre o blogue, em geral. Pode usar a caixa de comentários no fim de cada artigo ou enviar um e-mail através da página de contacto. Pode ainda seguir o blogue através do Instagram e Pinterest e, se quiser receber um e-mail quando sair um artigo novo, pode subscrever a newsletter no fim desta página.

Até à próxima.

Deixe um comentário

* Ao usar este formulário concorda que este site processe a sua informação pessoal. Para mais detalhes, consulte a Política de Privacidade do site.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Usamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao usar o site concorda com a nossa utilização de cookies. Aceitar Saber Mais

blue plates photography by Paula Casimiro My Common Table blog

Vamos manter o contacto. Subscreva a Newsletter e receba os artigos no seu email